Navigation Menu

Pokémon GO - De Treinador a Mestre

Fonte: Editora Novo Conceito/Site.
Título: Pokémon GO - De Treinador a Mestre
Autor: Emanuel Hallef
Editora: Novo Conceito
Número de Páginas: 144
Avaliação: 3/5


Sim, eu solicitei Pokémon GO – De Treinador a Mestre, afinal, como poderia ignorar este lançamento da Editora Novo Conceito? O universo Pokémon fez da parte da minha infância, assim como da de milhares de pessoas. É inevitável não lembrar as inúmeras tardes que passei assistindo as aventuras de Ash Ketchun, Pikachu, a equipe Rocket e demais personagens. Além da quantidade infinita de álbuns, figurinhas, brinquedos, jogos e pôsteres que fiz meus pais comprarem. 

Toda a repercussão que o jogo ocasionou é uma prova  incontestável de que os fãs, conquistados por Pokémon há duas décadas, retornaram como filhos pródigos à franquia, por uma breve nostalgia ou um excessivo interesse em experimentar a sensação de capturar  os monstrinhos  de bolso em uma realidade aumentada, e não somente se contentar com devaneios de se enxergar em uma sociedade em que os Pokémons transitam pelas ruas. Página: 7. 

Ao solicitar o guia, eu já tinha noção que o mesmo não focaria em todo o universo, mas sim no jogo lançado recentemente. Confesso que até esperava um conteúdo legal, mas acabei me surpreendendo, pois o autor Emanuel Hallef, se mostrou bastante entendedor sobre o assunto, e em alguns momentos, principalmente na introdução trouxe uma visão mais geral com dados e observações muito relevantes. Nas páginas seguintes são abordados dados, truques, dicas e curiosidades em relação ao jogo. Tudo é escrito de uma forma simples, clara e bastante objetiva, o que me pareceu uma grande sacada, pois se pararmos para pensar há fãs deste jogo de todas as idades. 
Bulbasaur, Charmander ou Squirtle? O grande momento se inicia. Faça uma das suas decisões mais difíceis, tendo em mente que seu Pokémon inicial será seu primeiro escudeiro e mais fiel amigo. Seja sábio, treinador. Escolha com coração. É uma ocasião importante Por mais que esses Pokémons se tornem disponíveis para captura no decorrer de sua jornada, para alguns  treinadores, esse momento se torna algo único e especial. Bulbasaur virá com os golpes: Tackle e Vine Whip. Charmander virá com os golpes:  Scratch e Flamethrower. Squirtle virá com os golpes: Tackle e Water Gun. Página: 31.


Pokémon GO – De Treinador a Mestre, não é o tipo de leitura que costumo fazer, mas posso dizer que em nenhum momento me decepcionou. A sensação que eu tive, foi que o autor e editora sabiam muito bem o que estavam criando; o Emanuel mandou muito bem em seus textos, sejam eles dicas, truques e dados, já a editora me surpreendeu com a edição simples, porém rica em gráficos e ilustrações. Ou seja, os textos, gráficos e ilustrações tornaram todas as informações mais fácies de serem colocadas em prática. 
Lembre-se sempre de ir a lugares movimentados para encontrar  PokéStops reunidos em um só lugar. Shoppings centers são ótimas opções. Possuem um grande fluxo de treinadores utilizando o mesmo PokéStop. Com isso, esses lugares estarão sempre rodeados por Lure Modules, atraindo ainda mais Pokémon para aqueles lugares e facilitando sua busca. Página: 95.

Enfim, se gosta do jogo ou apenas sente curiosidade em entendê-lo melhor, Pokémon GO - De Treinador a Mestre, é uma escolha no mínimo satisfatória. 

14 comentários:

  1. Eu também via o pokémon, mas agora não aderi à febre do jogo! O livro é que acho que não faz muito o meu género! :) Bom resto de semana!
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
  2. Oi Renato,

    Eu acho que não sou bem o público do livro, mas acho mesmo que deve ser bacana pra quem gosta do jogo ou pra quem quer conhecer mais o assunto.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  3. Olá, Renato.
    Eu até leria esse livro se jogasse o jogo, mas como não jogo acho que não tem muita utilidade pra mim hehe. Mas imagino que deva ser bem completo. Eu gosto muito de Pokemon, mas preferi nem instalar. Como vivo de wi fi, não ia dar para sair procurando hehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  4. Oi
    que bom que se surpreendeu com a leitura, esse não e o tipo de livro que leria, até baixei o jogo, mas acabei excluindo nem tinha crédito pro gps funcionar.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi Renato,
    Eu até assisti alguns episódios do desenho, mas o jogo não fez minha cabeça, minha filha até curtiu no inicio, mas acho que parou de jogar. Então o livro não entra no meu grupo de interesse.
    Bjs❤
    Abrir Janela

    ResponderExcluir
  6. Oie Renato =)

    Eu amo Pokémon, até hoje assisto e só não estou me divertindo com o jogo, por que meu celular não roda ele rs...

    Mas, estou pretendendo me dar um celular novo de natal então logo me tornarei uma treinadora.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  7. Sou totalmente leiga quando o assunto é pokémon, nunca me interessei por assistir ou jogar.

    bjo

    ResponderExcluir
  8. Legal sua resenha. Não conhecia esse livro ainda. Será que a febre passou?

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    ResponderExcluir
  9. Olá, tudo bom?
    Acho que não procuraria esse livro para comprar, não é algo que realmente me interessa, mas realmente para quem gosta é útil, é aquele tipico livro que eu leria, mas não gastaria dinheiro nele, sabe?
    Uma pena o jogo ter se tornado enjoativo para mim, eu curti bastante a ideia, mas não podia dedicar o tempo jogando.

    Sessão Proibida †

    ResponderExcluir
  10. Oi Renato!
    Eu instalei o Pokemon Go no celular e removi uma semana depois... Eu adorava Pokemon mas acho que não tenho mais paciência! :(

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  11. Oi Renato!

    eu também tive uma infância regada à muito Pokemon HAHAHAH
    confesso que quando o jogo foi liberado no BR, eu loucamente corri pra baixar e jogar de forma viciada. O vício até durou quase um mês, depois eu fiquei com preguiça de me locomover, buscar pokebola e ir em ginásios :( HAHAHAH

    se o livro fosse mais voltado pra o universo pokemon e não apenas em truques do jogo, acho que eu gostaria bem mais :(

    beijo
    beinghellz.com

    ResponderExcluir
  12. Oi, Renato.
    Tenho que confessar que não gostava nem do desenho.
    Então esse jogo não me interessou, muito menos o livro.
    Essas dicas do livro provavelmente poderiam ser facilmente encontradas na internet.
    Abraços.
    Diego || Diego Morais Viana

    ResponderExcluir