4ª temporada de “Black Mirror” não é boa, muito menos ruim… A palavra chave é: mediana

Fonte: Netflix.

Você já assistiu Black Mirror? Ou talvez tenha ouvido alguém usando a expressão: “Isso é tão Black Mirror”? A série é de origem britânica e traz à tona o relacionamento da sociedade contemporânea entre si e a tecnologia. No dia 29 de dezembro de 2017, foi lançada a 4ª temporada, onde foram disponibilizados seis episódios, entre eles: “Arkangel", dirigido por Jodie Foster; "Crocodilo", de John Hillcoat (A Estrada); "Black Museum", estrelado por Letitia Wright (Pantera Negra); "Hang the DJ", de Timonthy Van Patten (Game of Thrones); "Metalhead", de David Slade (Deuses Americanos); e "U.S.S. Callister", paródia de Star Trek dirigida por Toby Haynes (Doctor Who).

A série, de modo geral, continua seguindo um ritmo similar, mas ao mesmo tempo é possível notar mudanças gritantes desta temporada com as anteriores. Aliás, tais mudanças vêm ocorrendo desde a terceira temporada, quando os episódios se tornaram mais esclarecidos e romantizados. Há várias sugestões para o surgimento das alterações, uma das mais mencionadas, é a venda da série para a Netflix, um  dos maiores serviços streaming do mundo, que têm como objetivo alcançar todos os públicos. É de se imaginar que Netflix, ao reparar que a série havia caído nas graças da sociedade, percebeu que a mesma deveria se enquadrar nas necessidades de todos, inclusive dos que preferem um conteúdo de fácil compreensão.

Cena presente no episódio "Arkangel", onde a garota se corta ao tentar enxergar seu próprio sangue, porém sua visão é automaticamente desfocada. 

Comparada com as primeiras temporadas, a quarta não apresenta o mesmo nível de complexidade, porém não é ruim, pelo contrário, possui momentos impactantes e de reflexão, características comuns na série. Mas, a sensação é de que tudo poderia ter sido melhor desenvolvido. Um bom exemplo, é o segundo episódio intitulado “Arkangel”, que apresenta a história de uma mãe (Rosimarie Dewitt), que opta por instalar um sistema de monitoramento em sua filha. O equipamento possibilita que a mulher tenha acesso a tudo o que a criança vê, sente, seu quadro clínico, e até mesmo pode distorcer a visão da garota quando a mesma for exposta a algum tipo de imagem que traga conflito ou a aflição. As ações tomadas pela mãe, por si só, já são dignas de reflexão sobre assuntos como privacidade, liberdade e proteção. Entretanto, por mais que o tema seja interessante, nada de surpreendente ocorre, do contrário, apenas o óbvio: a relação entre a mãe e filha só entram em conflito, quando a criança torna-se uma adolescente e começa a viver as experiências presentes, ou não, nesta fase da vida.

O maior problema encontrado nessa temporada, sem sombras de dúvidas, foi a vinda de técnicas que transformaram o desenvolvimento dos episódios em algo comum e bastante explicativo, fazendo com que a série seguisse um caminho oposto a sua proposta inicial, isto é, um material complexo, chocante e voltado para debates, mas que agora também pode ser visto apenas como um boa fonte de entretenimento.  Outro problema encontrado foi no final de alguns episódios, que foram bastante vagos e corridos. Ao todo, a 4ª temporada de Black Mirror não é boa, muito menos ruim… A palavra-chave é: mediana; não chega a decepcionar, porém não instiga, é apenas um material para consumir e possivelmente esquecer após alguns minutos ou horas. A pergunta que paira na mente é a seguinte: “Isso é mesmo tão Black Mirror?”.

Confira o trailer:


27 comentários:

  1. Não tenho coragem de assistir! Acho que eu vou ter muitas crises de pânico seguidas - sério - !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Michele.
      Entendo, mas deveria tentar. Afinal, é uma série excelente.

      Excluir
  2. Tenho ouvido muito sobre essa série, mas ainda nunca vi! Bom resto de fim de semana.
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Inês. Tudo bem?
      Tire um tempinho para assistir, acredito que vai gostar.

      Excluir
  3. Amazing post dear, I really like it!
    Your blog is amazing, we should follow each other on GFC and Instagram. Let me know in the comments on my blog. xoxo

    blog
    instagram

    ResponderExcluir
  4. Oi Renato,
    Ainda estou assistindo as primeiras temporadas, aos poucos.
    Estou achando a abordagem bacana, mas sobre essa temporada o pessoal ficou meio dividido mesmo sobre os episódios. Espero curtir pelo menos algum.

    até mais,
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Nana.
      Eu acredito que vai gostar sim. Depois me conta o que achou, tá?

      Excluir
  5. Oi! Já ouvi falar da série e li muitos elogios, é chato quando a empolgação inicial vai ficando para trás conforme as próximas temporadas são feitas. Apesar de não ser o tipo de série que assisto, fiquei curiosa com o enredo. Bjos ❤

    Click Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo bem?
      Assiste e depois me conta o que achou.

      Excluir
  6. é que as primeiras temporadas sao TAO boas que a expectativa para essa estava altissima!! eu gostei mt desse do hand the dj

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lívia.
      Exatamente! Eu esperava mais por conta das primeiras. Mas não deixou de ser uma série interessante, sabe?

      Excluir
  7. Até hoje não assisti Black Mirror, acredita?
    Vejo todo mundo falando, mas não tenho muito tempo/paciência pra seriado :(
    Esses dias minha amiga estava me contando alguns episódios, achei bem maluco e fiquei curiosa pra ver.

    https://heyimwiththeband.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo bem?
      Eu também não tinha muita paciência para assistir séries, te entendo completamente. Mas, caso isso mude um dia, como aconteceu comigo, te recomendo assistir Black Mirror. As críticas sociais presentes nessa série são incríveis, mesmo com essa quedinha na quarta temporada.

      Excluir
  8. Eu gosto muito de Black Mirror! Assisti a quarta temporada assim que foi lançada de tanta curiosidade. Achei essa temporada mais fraca em comparação às anteriores, mas que ainda é válida e toca em assuntos importantes. Também achei que a temporada estava recheada de boas ideias, mas que poderiam ter sido colocadas em prática de uma forma melhor.

    trashrock.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Marília. Tudo bem?
      Exatamente! Concordo com o que disse, ela é um pouco fraca, porém não deixa de tocar em temas importantíssimos para reflexão.

      Excluir
  9. Olá, Renato.
    Uma coisa que amei em Black Mirror é que você fica questionando se é aquilo mesmo que você entendeu. E duvida de você mesmo. Estou na terceira ainda e já achei que deu uma decaída das outras temporadas. Mas essa quarta estou vendo bastante gente reclamando. É uma pena porque o que a série tinha de diferente parece não ter mais.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Sil.
      Pois é, eu também acho que a série perdeu um pouco desde a terceira temporada. Mas vamos aguardar pela quinta e que venha melhor, não é?

      Excluir
  10. Também achei mediana essa 4ª temporada. Pra mim os melhores episódios são Arkangel, Black Museum e Hang the DJ ♥ principalmente Hang the DJ. E eu até que gostei do óbvio de Arkangel mesmo, porque deixa explicito o que já existe hoje em dia de um tomar conta da vida do outro através das redes sociais, a diferença é que hoje em dia ainda podemos escolher com quem vamos compartilhar, público, privado e o que compartilhar, e como Black Mirror é pra trazer uma ideia mais futurística, joga essa do sistema e tal. Enfim, achei mediana também. Não sei se vai ter 5ª temporada, mas se tiver, espero que seja melhorzinha.
    Beijos!

    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Thami. Tudo bem?
      Eu também espero que a quinta temporada seja melhor.

      Excluir
  11. Nunca assisti nenhuma das temporadas mas gostei de conhecer seu ponto de vista. Bjs

    www.mayaravieira.com.br

    ResponderExcluir
  12. Renato não acompanho essa série, não sabia dessas mudanças de uma temporada para outra...
    Esse ano pretendo assistir mais séries, inclusive estou assistindo Dark e estou gostando bastante fica a indicação ;)
    Beijos

    Divagando Palavras
    www.divagandopalavras.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Aline. Tudo bem?
      Assiste um dia, acho que vai gostar. Ei, Dark é muito legal!

      Excluir
  13. Olá Renato, primeira vez no seu blog! Eu simplesmente amo essa série, e concordo com você em muitos pontos, não cheguei a achar a 4 temporada ruim, porém não foi na mesma qualidade das anteriores, acredito que o nível de complexidade diminuiu bastante, até a minha sensação de assistir mudou um pouco. Lembro que logo após alguns episódios de black mirror eu me sentia paralisada, impactada e reflexiva por um bom tempo, mas nesses últimos que tiveram essa sensação não durou quase nada. Pra mim os melhores episódios dessa quarta foram o USS CALLISTER, CROCODILE E BLACK MUSEUM.

    Jéssica,

    pitadadecinemaeleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Achei o último episódio bastante Black Mirror, mas não posso dizer isso sobre os demais. O 'Metalhead' foi um dos piores episódios da temporada e de toda a série. Gostei da sua reflexão!
    Boa semana!

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.